Hoje começamos 2014 com grandes esperanças, novos projetos e uma grande vontade de continuar dando a nossa parte de esforço aos empreendedores e profissionais online, do Brasil e do mundo.

É, também, o momento de agradecer a todos os nossos usuários que, com suas valiosas dicas, ajudaram a construir uma nova Neosites neste último ano. Uma ferramenta a cada dia melhor e do jeito que você quer! Muito obrigado!

1. Enviar mais emails aos clientes

Esta é uma das formas mais simples e eficazes de trazer tráfego de usuários ao seu website. Aumenta a possibilidade de vendas, além de construir uma sólida relação com o consumidor. Lembre-se, porém, que não é suficiente enviar um email de vez enquando, faça-o sempre que necessário. Converse e atualize seus clientes. Envie novidades!

2. Atualizado sempre!

Criar novas páginas e gerar conteúdo relevante todas as semanas vai ser, sempre, uma grande ajuda para que o seu website esteja bem posicionado nos buscadores, como o Google. Faça atualizações no blog, adicione produtos, mude imagens, videos ou, simplesmente, atualize a informação da página. Estas atualizações chamam a atenção do Google.

3. Seja mais interessante nas redes sociais

Por não interagir com seus fãs, muitos varejistas online acabam perdendo uma grande oportunidade de criar ótimos relacionamentos com seus clientes e, consequentemente, perdem vendas. Compare seus perfis sociais com outras marcas que você admira e pergute-se se você está fazendo o suficiente. A dica é: seja bastante ativo nas redes sociais onde sua marca participa e você conseguirá fãs e seguidores. Logo, clientes. Lembre-se que, nas redes sociais, um recado inspirador e divertido gera maior impacto que uma mensagem de vendas.

4. Investir em um novo ponto de contato com clientes

Todos os dias surgem novas formas de contato com clientes. Seja através de email, telefone, formulário, página de contato, redes sociais, ou como for. Você deve estar onde seus clientes estão. Pergunte aos clientes atuais e de maior confiança, como eles gostariam de entrar em contato com o seu negócio. Estas dicas são valiosas. Com certeza farão com que você construa uma melhor relação com usuários, clientes e fãs.

5. Dê as caras

Os usuários de dispositivos móveis estão constantemente interagindo com lojas que estão perto. O mundo online tornou-se um lugar necessário para todos os negócios. Adicione um mapa na sua página de contato e o endereço da sua loja física, caso possua um. Isso ajudará muito a que seus clientes encontrem você quando estiverem buscando o que você vende, perto da sua loja.

Feliz Ano Novo! Um próspero 2014 cheio de sucesso para todos!

A última grande data do eCommerce nacional.

O natal está, diretamente, associado com o décimo terceiro, é inevitável. O consumidor lembra que boa parte do gordo salário fica na compra de presentes e o varejista lembra que seus clientes estão preparados para gastar mais.

A proximidade da data é a melhor oportunidade para investir em marketing e aumentar o faturamento.

O comércio eletrônico nacional movimentou R$ 3,06 bilhões no natal passado e essa cifra deve aumentar bastante em 2013. Preparar o seu negócio online para tal é, também, gerar ótimas oportunidades de conquistar e fidelizar clientes, além de que seu investimento em marketing digital, consequentemente, posicionará melhor a sua loja virtual em mecanismos de busca como o Google.

Mostrar ao seu cliente que sua loja virtual está pronta para o natal é o primeiro passo. Nos olhos do consumidor, isso significa: “descontos?” e é aí que você conquista.

Neste contexto, é importante se preparar com antecedência para atrair compradores e se beneficiar do boom da temporada. Aproveite estes últimos três meses.

  • Construa o seu calendário de promoções. O primeiro passo para o seu plano de temporada é criar um calendário de promoção. Este documento deve ser a base de todas as suas atividades de negócios realizados durante o ano. Inclua promoções especiais e descontos que você oferece e é claro, não se esqueça de incluir natal, réveillon e os outros feriados importantes relacionados ao e-commerce como Black Friday, Cyber Monday, Boxing Day, Dia do Frete Grátis e tantos outros.
  • Prepara sua agenda de emails. Seu correio eletrônico é uma das ferramentas mais poderosas no seu arsenal de marketing online e serve como uma boa maneira de oferecer promoções diretas para seus clientes. Lembre-se que conteúdo e design nos seus seus e-mails devem refletir sua estratégia de negócios. Para maximizar esta oportunidade, programe os envios no seu calendário de promoções.
  • Amigável ao Google. Otimizar sua lona online para motores de busca é vital para aumentar as vendas. Se seus clientes não podem encontrá-lo, sua empresa não poderá vender. Atualize tags e páginas de produtos com a base das últimas atualizações do Google e esteja sempre atualizado. Seu negócio será mais visível aos olhos do potencial cliente.
  • Atualizando o design. Dezembro é um mês de férias, por isso, considere adaptar a home do seu website com o clima natalino. Não é necessário modificar 100% o layout, porem mostrar que você está preparada para esta data. Isso significa possibilidade de “descontos” aos seus clientes. Dê um toque apropriado para a ocasião, sem perder o estilo. Utilizar certas cores em alguns detalhes ou incluir algumas fotos de produtos com características do natal é uma boa dica.
  • Saia na frente. Grandes datas aumentam o fluxo de perguntas, pedidos e tráfego para o seu site. Certifique-se de reduzir o “tempo de resposta” em todos estes pontos, antecipando a criação de um estoque dos produtos mais comprado, por exemplo. Isso, considerando que o atraso nas entregas segue como a reclamação mais comum de consumidores que adquirem produtos pela web, irá tirar sua loja da lista negra.

Imagem: Shutterstock

Confira um infográfico feito pelo IBOPE para o congresso E-Commerce Brasil Operações & Negócios 2013, sobre o comércio eletrônico brasileiro.

Por: Blog do E-Commerce Brasil

Está buscando uma forma fácil e eficiente de solicitar dados de usuários? Formulários, essa é a sua resposta.

Se você for visitando uma série de páginas online, de diferentes estilos, notará que a grande maioria oferece um formulário. Essa é uma ferramenta chave para o desenvolvimento de qualquer negócio online. Fundamental para aumentar as vendas .

Os formulários são, basicamente, um conjunto de perguntas que os visitantes respondem e, em seguida, são enviado por e-mail.

E se você ainda se pergunta o motivo de ter um formulário no seu negócio online, imaginando que muitas vezes as empresas acabam não usando os dados recolhidos, pense que, por via das dúvidas, é melhor tê-los.

Em algum momento pode ser que você necessite saber um pouco sobre seus clientes ou usar uma forma eficaz de enviar novidades de produtos ou serviços. Em muitos casos, você nem precisa do endereço, bastando apenas o e-mail para esta atividade. Comece por solicitar:

  • Nome
  • Telefone
  • Email
  • Data de aniversário
  • Endereço

Tenha à disposição estes dados também para, num futuro, poder fazer pesquisas, relatórios e entender melhor o funcionamento da sua empresa.

Em forma de tutorial, vamos explicar como criar uma página de formulário eficaz na Neosites. A edição é muito fácil, de modo que você só precisa clicar no campo que deseja adicionar e, em seguida, completar..

Título e texto

Você pode usar esta parte para especificar que tipo de formulário o cliente estará preenchendo. Informá-lo de como fazer o processo ou, simplesmente, dar um segundo título.

Botão de rádio e várias opções

Muito úteis no caso em que você queira oferecer diferentes opções de escolha. Por exemplo, que o seu cliente mostre quais artigos está fazendo certo comentário. “artigos: 1, 3 e 4″. Veja:

Opções múltiplas

Este módulo pode ser usado, principalmente, nos casos em que você quer solicitar uma opção, somente.

Área de texto e caixa de texto

Útil na hora de solicitar especificações do pedido, comentários, consultas, telefone, etc.

E-mail

Aqui você garante o e-mail de contato do usuário e, desta forma, você terá sempre como entrar em contato com os clientes para o envio de novidades qualquer outra informação necessária.

Texto de agradecimento

É o texto que aparece na tela do usuário sempre que ele tenha terminado de preencher o formulário. Lembre-se que agradecer, sempre passará uma imagem bastante positiva.

Terminando todo o processo, clique em “salvar formulário” e pronto.

Não se esqueça de especificar como campo obrigatório aqueles espaços que você realmente quer que o seu cliente preencha. Estes, estarão marcados com asterisco (*). Habilite também habilite a imagem captcha, o que lhe permite confirmar que os formulários foram enviados por pessoas reais e não por spam.

um exemplo do que é possível fazer na hora de criar um formulário. Igualmente, lembre-se que existe muitas opções neste módulo e você poderá montar uma página de formulário exatamente como deseja. O ideal é que você o adapte às suas necessidades.

Sendo uma das principais redes sociais cujo foco é o compartilhamento de imagens – ainda que completamente diferente do Instagram ou Flickr - o Pinterest ganha cada vez mais espaço no mundo online, demonstrando um crescimento a ritmo assustador, principalmente nos Estados Unidos e Brasil.

No país norte-americano, entre fevereiro e dezembro de 2011, o Pinterest pulou de seus modestos 170.000 usuários para 13,2 milhões. Já no Brasil, o crescimento foi de 409%, somente entre janeiro e fevereiro de 2013.

No mundo das vendas online a rede social vem se tornando uma forte porta de entrada das lojas na internet, ao conquistar lojistas com a beleza e eficiência das publicações de produtos nos seus concorridos boards. De cada 100 acessos a sites de varejo nos Estados Unidos, quase quatro já têm como origem links fixados dentro de murais do Pinterest. É mais eficiente que LinkedIn, YouTube e Google+ juntos, ficando atrás apenas do Twitter, neste quesito.

O real atrativo desta forma de promoção em vendas fica na forma fácil de como o usuário cria boards (quadros) e fixa imagens com links, os chamados “Pins”, para compartilhar tudo com seus seguidores, atraindo publico desconhecido e potenciais clientes. É possível também seguir pessoas com interesses comuns aos seus e compartilhar no seu perfil.

O interessante desta rede social é que o objetivo não é compartilhar seus dotes fotográficos ou aplicar filtros às fotografias, porem mostrar imagens e coisas interessantes na web, seja qual for. Aí está o seu grande potencial para o comércio eletrônico; inspirando, atraindo tráfego e convertendo, realmente, visitantes em consumidores.

Palavras-chave, hashtags e backlinks. Com estes três simples pontos, bem aplicados, você poderá utilizar o Pinterest como uma grande ferramenta na captação de clientes e aumento de vendas. E acredite, você vai se surpreender.

  • Palavras-chave. Na hora de escolher suas palavras-chave, crie algo mais específico e que esteja relacionado com a sua oferta. “Pequenas frases” podem resultar mais eficientes que apenas palavras. Não escreva somente “sapatos”, “sandálias”, “botas” ou “camisas”, mas tente pensar na característica do produto com algo mais detalhado: “sapato de salto alto” ou “blusa de manda longa”, por exemplo.
  • Hashtags (#). Seguindo a tendência criada pelo Twitter, o Pinterest também permite aplicar hashtags e todos sabemos que esta opção, quando utilizada corretamente, pode ser muito eficaz para atração de potenciais clientes na busca de produtos. Use e abuse!
  • Backlinks. Se você deseja fazer o upload de uma imagem que está no seu HD, ofereça junto o link com o endereço do seu website para que, sempre que alguem clique na sua imagem dentro da rede social, tenha como acessar o endereço de compra daquele produto. Considere também adicionar a descrição do produto.

Com estes detalhes aplicados de forma correta, o Pinterest pode, realmente, ajudar no aumento de vendas e divulgação da sua loja e produtos. Não esqueça de utilizar o Pinterest como botão de rede social no seu website e mãos à obra!

É fato, as coisas mudam e necessitamos adapta-nos! Algo que há poucos anos era fonte de divertimento ou mera forma de contato entre amigos, hoje se tornou pauta obrigatória nas reuniões de negócios. As redes sociais estão cada vez mais presentes no dia-a-dia do brasileiro fazendo com que qualquer empresa tenha que acompanhar e dedicar trabalho a esta parte do empreendimento.

Estas verdadeiras armas de marketing e contato têm grande influencia no planejamento atual de qualquer negócio e vêm acompanhadas das atuais tecnologias que trazem sempre novos desafios na captação de clientes, como, por exemplo, a evolução dos dispositivos móveis e seus aplicativos.

Se considerarmos o panorama de que é tão comum ver smartphones e tablets nas mãos do consumidor, chegamos à conclusão de que isso bom e ruim ao mesmo tempo. Enquanto o empreendedor tem cada vez mais canais para vender seus produtos e serviços, percebe que seu investimento e tempo gasto em marketing será maior para alcançar todos os meios possíveis de encontrar o potencial cliente.

É, realmente, importante investir em todos os canais online possíveis, porem não deixe de considerar que é necessário fazê-lo diversificando o conteúdo apresentado e a forma como abordar o usuário em cada rede meio onde a sua marca será mostrada. Aparecer é a chave do negócio. Fortalecer a marca é indispensável.

Alguns dados apresentados pelo site contentequalsmoney.com mostram como os internautas gastam seu tempo online:

  • 22% em redes sociais
  • 21% fazendo diferentes pesquisas
  • 20% lendo conteúdo
  • 19% revisando o email
  • 13 % em website multimídia
  • 5% fazendo compras

Vemos que a atenção dos usuários está diversificada em diferentes lugares, de modo que as empresas devem concentrar seus esforços em mídias sociais, considerando que as atuais plataformas conseguem concentrar todos estes pontos apresentados na pesquisa, em um só lugar.

O mesmo estudo mostra a eficácia do marketing nas redes sociais:

  • 77% das empresas que oferecem serviços para os consumidores ganharam novos clientes através da sua presença no Facebook .
  • 43% das empresas B2B (empresa para empresa) ganharam novas oportunidades através do Facebook.
  • 34 % das empresas têm gerado oportunidades de vendas através do Twitter.

Redes sociais conectam milhões de pessoas, seja para compartilhar conteúdo ou apenas para um bate-papo com amigos. O marketing neste meio é, atualmente, uma das melhores formas de atingir uma ampla massa de consumidores, construindo relacionamentos e captando novos clientes.

Imagem: Shutterstock

Ter uma loja online hoje é sinônimo de aumento de vendas e atração de novos clientes. É fundamental, digamos, uma ferramenta indispensável no crescimento do seu negócio. Estes pontos estão ficando cada vez mais claros na forma em que o brasileiro planeja o seu empreendimento. Quem ainda não vende online, quer começar a vender, quem já vende, quer melhorar a sua apresentação online cada vez mais. É fato.

O crescimento incontestável do comércio eletrônico no país tem atraído muita gente e é cada vez mais comum ler notícias sobre o e-commerce no dia-a-dia do brasileiro. Isso tem ajudado muito para que o consumidor perca o medo na hora de fazer a compra través do computador ou dispositivo móvel. O detalhe que, muitas vezes, não percebemos – por mais obvio que seja -, é que quem provoca esse medo são as próprias lojas virtuais.

O ideal é parar para pensar um pouco em como projetar a sua loja online para que ela seja mais atraente aos seus clientes. Este processo, sem dúvida, melhorará o desempenho do seu negócio online. Toques sutis, investindo na sintetização de cada detalhe.

Na home.

Deixe à vista seus melhores produtos e os mais vendidos. Não esqueça de apresentá-los com fotos de alta qualidade para passar, logo, uma boa impressão. Certifique-se de que você está, realmente, mostrando os produtos que mais rendem vendas ao seu negócio e busque escrever somente o necessário. Pense que o seu cliente entrou na sua loja para comprar algo ou ler algo sobre o que ele quer comprar. Ele não quer ler nada que não seja relacionado à sua busca.

No pagamento online.

Mostrar na home todos os meios de pagamentos que você aceita é passar segurança ao usuário. Confiança. Se a sua loja ainda não é conhecida, vai ser bom apresentar marcas que o consumidor reconheça no seu portal, como VISA, Master Card, logos de bancos, entre outras.  Todas elas vêm quando você configura quais as formas de pagamentos quer aceitar. É importante que você configure a sua loja com a maior quantidade possível de pagamentos para atrair todo mundo.

O abandono do carrinho de compras é um dos problemas mais frequentes no ecommerce e um dos mais relatados por lojistas.

É bastante comum que o cliente goste do produto, porem na hora de comprar, devido a certos processos, ele desista. Os motivos? Vários, alegados pelos próprios consumidores: Frete alto ou política de verba complicada, preço alto, formulário de cadastro extenso e poucas opções de pagamentos estão entre as principais. É importante que a sua loja tenha objetividade no processo de ckeckout para não perder clientes.

Ser amigável e objetivo.

Faça com que o seu processo de compra seja o mais amigável possível. Isso evitará que os clientes abandonem o carrinho de compras. Reduza o excesso de informação desnecessária no seu e-shop e fidelize amigos que visitam a sua loja, que comentem em seus produtos e com toda certeza terá bons clientes.

Imagem: *MarS via photopin cc

Na garagem onde tudo começou. Desta forma o Google, hoje a terceira marca mais valiosa do mundo, comemorou seus 15 anos de vida. Local onde Larry Page e Sergey Brin trabalhavam quando inventaram a ferramenta.

A data tão especial foi também usada para o anuncio de algumas atualizações que estão sendo lançadas ao longo dos dias, impactando diversos aplicativos como o do Gmail e o tão controverso app do Hangouts, ambos no Android, além de tantas outras. Hangouts que, por sinal, passou a atender uma pequena parte das reivindicações dos usuários mais furiosos, pós atualização do falecido Gtalk.

No entanto, para as empresas que estão online, sabemos que o mais significativo está na atualização do algoritmo de busca do buscador Google. A chegada do “Hummingbird” – beija-flor, em português – que, de acordo com a empresa, afetará 90% das pesquisas online.

O Google passa a usar uma série de códigos e cálculos que permitem que o usuário encontre o que deseja na internet em um tempo ainda menor ao que é feito hoje, além de que o serviço começa a oferece a possibilidade de que você faça perguntas como se estivesse falando com um amigo: “quantas bandas paralelas teve o Bill, do Noção de Nada?”.

O algoritmo de buscas do site é atualizado frequentemente, provavelmente, recebendo mudanças mais de 100 vezes ao ano, no entanto, são ajustes mais sutis. Atualizações como esta, mais representativas, recebem seus nomes especiais. Desta forma foi a chegada do “Panda” (fevereiro de 2011), que reduziu a proeminência de conteúdos de baixa qualidade nos resultados das pesquisas, e o “Caffeine” – cafeína, em português – (junho de 2010), que apresentou uma revisão no sistema de indexação web para oferecer resultados de buscas mais rapidamente.

Uma das novidades nesta última atualização está na manutenção do contexto em pesquisas feitas em sequência e que usam também o histórico de buscas do usuário.

Outra delas, aparecerá quando o usuário buscar “MARGS”, por exemplo. Desta forma,  receberá como resultado, além da página do Museu de Arte do Rio Grande do Sul, também diferentes “dicas” sobre movimentos artísticos como o expressionismo, cubismo e impressionismo, todos relacionados às exposições atuais do MARGS, em Porto Alegre, RS.

Outro ponto interessante é a comparação que poderá ser feita entre dois produtos ou diversas coisas. Por exemplo, ao buscar “manteiga vs. azeite de oliva”, tanto nas versões móveis, como na web, o resultado apresentará placas com informações sobre os dois alimentos, como calorias, colesterol, gorduras e outros detalhes. Isso amplia a informação que chega a quem está atras da tela, fazendo com que a busca fique mais interessante e proveitosa a longo prazo.

Além destas mudanças, a empresa também anunciou um reforço no reconhecimento de voz nas versões Android, iOS, e web – sempre que o usuário tenha um microfone conectado ao PC.

Seguir o caminho da inteligencia que proporcione a maior quantidade de dados para ampliar e aprofundar os resultados. Esta é a lição de casa diária do mais famoso e importante buscador do mundo e isso vem afetando, de certa forma, as empresas online. Uma verdadeira transição em cadeia, onde agora, a busca online começa a entender diferentes conceitos de pesquisa. Reflete no trabalho de quem quer continuar tendo a sua loja amigável ao Google e a solução é correr atrás da adaptação.

De que forma o beija-flor afetará os negócios online? Que mudança tenho que fazer na minha estratégia?

São perguntas básicas que surgem em meio às atuais atualizações da empresa, na cabeça de muitos empreendedores que investem no mundo online. A primeira das muitas respostas que surgirão a cada dia desta nova era é: quem depende de uma estratégia com palavras-chave para sobreviver nas disputadas páginas de resultados do Google, terá que começar a incluir frases para seguir ganhando visitantes – ou, pelo menos, manter a média já conquistada de visitas.

As atualizações serão lançadas “em breve”, segundo o Google, e enquanto isso, os mais rápidos já começam a preparar sua nova linha de “palavras-chave do futuro”.

Sabemos que são vários os desafios de quem quer ter uma presença online que seja relevante na internet. Um processo que exige sempre muita dedicação e comprometimento com a criação de campanhas, modelo e a manutenção do website. De fato, hoje em dia, muitas plataformas possuem as melhores ferramentas para que você faça tudo o que seja necessário para atrair visitantes e fazer com que eles fiquem um bom tempo navegando entre suas páginas, porem; sem dedicação, isso não acontecerá.

Considerando estes dois importantes pontos: conseguir visitantes e fazer com que eles fiquem um bom tempo online, podemos dizer que a parte mais difícil é a segunda. Fazer com que ele sigam navegando no seu website. É o que realmente exige esforço e trabalho pesado e é aí que você precisa investir.

Esta retenção do usuário no seu portal aumenta a possibilidade de vendas. Dá a chance de que ele comente aos amigos que a sua marca existe e isso gera o boca a boca, de todas as formas.

  1. Experimente o mundo multimídia. Se as imagens, normalmente, chamam mais atenção que os textos, imagine os vídeos. São uma maneira bastante eficiente de atrair mais clientes e fechar vendas em uma loja virtual. Esta é uma tecla que sempre estamos batendo aqui no Blog. Digamos que partimos da premissa de que as pessoas preferem muito mais “ver” do que “ler” e por isso a comunicação através de vídeos é muito mais eficiente. Adicioná-los na descrição de produtos é uma boa dica.
  2. Pense como consumidor. Considere que sempre que as pessoas vão à procura de informações e encontram essas informações em um só lugar, elas vão valorizá-lo. Sem dúvidas, elas passarão mais tempo naquela página. Ou seja, procure ser objetivo e completo na hora de escrever os textos do seu website. Na hora de apresentar um conteúdo de qualidade, escreva tudo, porem pouco. Fácil assim.
  3. Links internos e externos. Considere que se você conseguiu manter o visitante no seu website um bom tempo, é porque ele ficou interessado nisso. Levá-lo onde você quer, depois disso, é uma boa forma de reter clientes. Ofereça links no seu website com conteúdo que seja interessante para os que acham a sua marca interessante. Isso muitas vezes acaba ajudando para que a sua taxa de rejeição seja baixa (e você precisa que ela seja o mais baixa possível).
  4. Social. Mostre aos seus visitantes as diferentes redes sociais do seu negócio. Ative os botões sociais e deixe com que, sozinhos, os seus clientes comecem a compartilhar o conteúdo que for interessante no seu website.
  5. Chamado de atenção. Se você deseja que os visitantes fiquem no seu website, peça isso. Ok, não é tão simples assim, porem fazer um chamado de atenção é uma boa dica. Sugira, por exemplo, que seus clientes dêem uma olhada no último artigo do Blog que está muito interessante ou que apresenta uma bombástica promoção, e desta forma. você estará incentivando esta ação por parte deles. Diga frases: “Veja mais”, “Clique aqui e…”, “Dê uma olhada nas nossas…”. Lembre-se que eles não podem ler a sua mente, então: diga.

Lembre-se também que o seu website é um trabalho em processo que nunca terminará. Para manter o bom tráfego constante é importante mantê-lo atualizado e sempre apresentar novos conteúdos. Assim, não só os motores de busca darão mais importância a ele, como você também ganhará chamando a atenção dos visitantes.

Imagem: Itchyklikfinger via photopin cc

Hoje em dia o comportamento do consumidor é muito diferente daquele que conhecíamos tempos atrás, e isso significa que suas decisões e escolhas antes da compra são muito mais consistentes, aprofundadas e isso se dá porque os consumidores estão cada vez mais informados. Passar confiança e boas informações nesta hora é algo muito importante para todas as marcas. Isso levará clareza ao visitante da sua loja virtual, facilitando o processo de interesse pela compra. É sério, chegou a hora de falar deste conteúdo.

A ideia principal do marketing de conteúdo é atrair pessoas a partir da criação de conteúdo original e relevante, com o objetivo de transformá-los em clientes. Este tipo de marketing sempre existiu, mas hoje são muitas as empresas que estão comprometidas com essa forma de comercialização, fazendo do Marketing de Conteúdo, uma verdadeira arte da comunicação.

“Não dá mais para sobreviver interrompendo estranhos com uma mensagem que eles não querem ouvir, sobre um produto do qual nunca ouviram falar, usando métodos que os incomodam. Os consumidores têm muito pouco tempo e capacidade para tolerar isso” - Seth Godin, escritor e especialista em marketing.

As empresas e os profissionais que têm um negócio online não podem deixar de lado este tipo de marketing que aumenta a fidelidade à marca, gera mais conversões e oportunidades de vendas com baixo custo (normalmente são muito menores que as outras formas de marketing).

ESTE CONTEÚDO PODE APARECER DE DIVERSAS FORMAS: BLOGS, DESCRIÇÕES DE PRODUTOS, CAMPANHAS DE E-MAIL, CONTEÚDO DO SITE, FÓRUNS, REDES SOCIAIS, ETC.

  • Melhore o posicionamento nos motores de busca. Para chegar uma boa posição no ranking das pesquisas do Google, o melhor é que você mantenha publicações constantes do conteúdo. O buscador prioriza o conteúdo relevante e, em outras palavras, quando percebe que um website está oferecendo informação útil aos seus visitantes, lhe dá prioridade nas buscas.
  • O que é relevante é compartilhado. A maioria das pessoas quando vêem algo que gostam, têm a tendência em compartilhá-lo. Seja via e-mail ou pelas redes sociais. Se o conteúdo é útil e seguro, agrega valor e credibilidade, ganha viralização. Este compartilhamento também cria ligações mais profundas da sua marca com os consumidores, aumentando a positividade do seu negócio e marca.
  • Ser constante. Sabemos que é difícil para uma empresa lançar produtos novos todas as semanas, porem fazer publicações semanalmente com funcionalidades/beleza/outros fatores dos produtos que ela já tem, é possível. Mais que isso, é uma boa forma de atrair o interesse pela sua marca e ser lembrado sempre. Por exemplo, ter um blog explicando as características dos seus produtos ou serviços é uma boa dica. Logo, o ideal é que você promova esta publicação em todas suas contas de redes sociais como o Facebook, Google+, Twitter, etc. Uma outra forma bacana é o vídeo. Se você ousar, pode criar um pequeno vídeo sobre o que você tem a oferecer e publicá-lo no YouTube.

O conteúdo interessante e que chama a atenção dos clientes, sem dúvida, ajuda na hora de decidir onde comprar e o que comprar. Invista nesta imagem e nesta forma de marketing para o seu negócio. Boas vendas!

Imagem: holdielow via photopin cc